Futebol de areia: o que é, como funciona e sua história?

Em um cenário tipicamente brasileiro, com muito sol e mar, foi de modo despretensioso e descontraído que o futebol de Areia surgiu: uma versão praiana do esporte mais popular do país.

Em pouco tempo o futebol de Areia se tornou muito popular, conquistando não só os brasileiros, mas também adeptos e fãs no mundo inteiro.

Conheça melhor sua história e as regras que regem o futebol de Areia hoje!

História do futebol de Areia

Tudo teve início na década de 30, nas orlas de Copacabana, no Rio de Janeiro. O futebol de Areia começou como uma brincadeira, apenas para lazer e diversão. Algumas pessoas praticavam como uma opção de atividade física, um tipo de esporte de Areia.

Enquanto ganhava popularidade entre os cariocas, pequenos campeonatos foram criados entre amigos, dividindo os times segundo os bairros do Rio de Janeiro. Com o tempo, a modalidade começou a ganhar destaque, chamando a atenção de jogadores consagrados do futebol.

Na década de 90, as regras foram modificadas para que a modalidade se transformasse em um esporte profissional. Em 1993, em Los Angeles, foi realizado um campeonato piloto de futebol de Areia com a participação de equipes de vários países.

O Brasil se consagrou como campeão e foi o vencedor do primeiro campeonato oficial de futebol de Areia, que aconteceu em 1995 em seu berço, o Rio de Janeiro. Com o sucesso do campeonato, a modalidade ganhou o mundo e, em 1998, foi criada a Confederação de Beach Soccer do Brasil (CBBS), contando com 22 federações estaduais filiadas.

 Princípios e fundamentos do futebol de Areia

As equipes devem ter, no máximo, cinco jogadores, incluindo o goleiro. Não é permitido menos de três jogadores em campo. As partidas duram três períodos de 12 minutos, com intervalos de, no máximo, três minutos entre cada período.

Cada equipe pode ter até cinco jogadores na reserva. As substituições são ilimitadas e podem ser feitas a qualquer momento da partida, menos a substituição do goleiro, que deve acontecer apenas quando o jogo estiver parado. O goleiro também é o único que pode utilizar calça comprida, independentemente do tipo de Areia da quadra.

 Penalidades do futebol de Areia

O futebol de areia não tem regra de impedimento e não admite empates. A vitória é definida em prorrogação de três minutos e se mesmo assim o empate continuar, a decisão vai para os pênaltis.

Quando o adversário comete infrações é dado o tiro livre direto e o jogador que recebe a falta é quem deve cobrar o tiro, com exceção quando é contundido.

Arbitragem do futebol de Areia

Dois árbitros controlam as partidas, ambos com a mesma autoridade. Somente em situações divergentes a decisão do primeiro árbitro é a que prevalece. 

É proibido marcar gol durante a cobrança da lateral, que pode ser feita com o pé ou a mão. Já os escanteios permitem o gol. O goleiro não pode receber a bola de um jogador da sua equipe duas vezes seguidas sem que ela tenha tocado em um adversário antes.

As dimensões da quadra de Areia devem ser de 35 a 37 metros de comprimento, 26 a 28 metros de largura e, no mínimo, 40 cm de profundidade de Areia limpa e de qualidade, como as fornecidas pela SuperQuadra Jundu, para garantir o melhor desempenho e segurança durante as partidas de futebol de Areia.

Quer saber como proporcionar boas partidas? Conheça as Linhas de Produtos para quadra de Areia da SuperQuadra Jundu!

Outros conteúdos

equipamentos de beach tennis que não podem faltar no seu clube