Saiba como evitar lesões no esporte

A prática constante de exercícios físicos faz parte do hábito de uma vida saudável. No entanto, sem os devidos cuidados e orientações, alguns problemas podem prejudicar nossa performance, como é o caso das lesões no esporte, causadas por movimentos em alta intensidade e/ou feitos de forma incorreta.

Diversas condições estão relacionadas aos riscos das lesões, indo desde o tipo de esporte praticado (como os realizados em quadras de Areia) até o tipo de atividade e o histórico de lesões, levando ao afastamento da pessoa para tratamento e recuperação.

Para Atletas de alto desempenho, as lesões esportivas são ainda mais desfavoráveis, pois limitam o condicionamento físico e a realização dos movimentos. Dessa forma, é necessário ter uma série de cuidados antes e durante a prática, a fim de evitar danos à saúde.

Pensando nisso, reunimos os principais tipos de lesões no esporte e como evitar. Tem curiosidade no assunto? Confira!

Quais são as lesões mais comuns no esporte?

Existe uma grande variedade de lesões que são desencadeadas durantes os esportes. Conheça as mais recorrentes.

Entorse

A entorse pode ocorrer no joelho e no tornozelo. É manifestada pela distensão das estruturas e dos ligamentos que sustentam a articulação. Acontece quando o deslocamento de uma articulação extrapola a amplitude natural do movimento, levando ao deslocamento súbito da articulação. Má colocação do pé, tropeços e movimentos bruscos são as principais causas da entorse.

Contusão

A contusão corresponde a um forte impacto em qualquer área do corpo, que pode lesionar tecidos superficiais, músculos, ligamentos articulares e tendões. Sua aparência é conhecida como equimose — sangue concentrado ao redor do local lesionado, o que dá um aspecto roxo.

Em algumas situações, ela pode ser profunda e difícil de definir sua dimensão. No entanto, grande parte das contusões não são graves e podem ser tratadas com aplicação de gelo, compressas e repouso.

Cãibra

A cãibra é uma contração muscular involuntária que se manifesta devido a atividades físicas exageradas, levando à instabilidade hidroeletrolítica do local lesionado.

É comum surgirem cãibras durante ou após a prática de esportes, como um sinal corporal sobre a necessidade urgente de repor os níveis de água e sais minerais. Apesar da dor intensa, essa lesão não compromete a integridade do músculo, pois envolve somente a contração e não a sua estrutura.

Luxação

Luxação corresponde à perda total da superfície de contato entre os ossos articulares ou à separação das extremidades ósseas de uma articulação. Ocorre por causa de impactos bruscos e quedas que empurram os ossos para uma posição irregular. É uma lesão bastante dolorosa que necessita de apoio médico urgente para colocar a estrutura óssea no lugar.

Tendinite

Tendinite é a inflamação do tendão — tecido que faz o ligamento entre o músculo e o osso — que se manifesta devido ao excesso de movimentações repetidas na mesma área do corpo. Atletas de esportes de Areia são predispostos a terem tendinites nos pés. Quando não tratada corretamente, pode prejudicar a qualidade de vida do paciente, por causa da limitação de movimentos e das dores intensas.

Distensão muscular

Também chamada de estiramento, a distensão muscular é resultado de esforços musculares excessivos, como é o caso de corridas mais intensas e “arrancadas” no vôlei de praia para não deixar a bola cair. A distensão pode ser uma leve ruptura de fibras musculares ou causar rompimento parcial ou total dos tecidos.

Ruptura do tendão ou ligamento

Pessoas que praticam esportes de alto condicionamento físico, como o futebol de Areia, o futevôlei e o beach tennis, têm mais chances de lesionar os ligamentos dos joelhos. Quando isso ocorre, é grande a necessidade de realizar uma intervenção cirúrgica para restaurar a funcionalidade do joelho.

Bursite

A bursite é uma inflamação que afeta uma área do corpo chamada bursa, que está presente nas articulações. No esporte, a doença se manifesta por meio da movimentação articular repetitiva e intensiva, causando dores e inchaços. O tratamento envolve compressas, repouso, uso de medicamentos anti-inflamatórios e fisioterapia. Os casos mais crônicos são tratados com aspiração e cirurgia da bursa.

Lombalgia

Lombalgia é uma manifestação dolorosa que acontece na região lombar. É uma condição que a maioria dos esportistas já sentiu. Chamada de “dor nas costas”, a lombalgia é uma das grandes causas de incapacidade funcional. É causada por má postura, levantamento incorreto de pesos e traumas durante o esporte.

Como se prevenir para evitar lesões no esporte?

Lesões causadas no esporte podem ser facilmente evitadas. Confira as dicas e recomendações a seguir.

Mantenha o corpo relaxado

Uma partida importante pode deixar o Atleta tenso, fazendo com que braços, pernas e tronco fiquem mais rígidos. No entanto, é preciso manter-se relaxado, a fim de eliminar a rigidez corporal, pois ela aumenta o risco de lesões no esporte.

Como a tensão começa na mente, uma boa estratégia para diminuí-la é evitar pensamentos que geram ansiedade e mentalizar coisas boas para gerar tranquilidade. Além disso, respirar profundamente e olhar para cima ajudam a relaxar.

Faça alongamentos

Os alongamentos fazem com que músculos, tendões, pulmões e coração sejam adaptados ao esforço que será realizado. A propósito, essa prática também é necessária após os exercícios, pois deixa o organismo mais flexível e relaxado.

Hidrate-se

Não permita que a intensidade do esporte faça com que você se esqueça de beber água. Afinal, a hidratação ajuda a prevenir lesões e cãibras. O segredo está em não esperar a sede para consumir água, pois é um sinal de desidratação. Portanto, tenha sempre uma garrafa cheia por perto para se hidratar corretamente. Isso é ainda mais importante durante a exposição ao sol.

Tenha uma boa nutrição

Uma boa alimentação é essencial para repor nutrientes após a prática de exercícios. A intensidade das partidas significa que suas demandas nutricionais são maiores do que as de pessoas sedentárias.

Portanto, se você não se alimentar direito, não será capaz de se recuperar totalmente, o que pode causar lesões ou doenças. A dica é consumir muitas fibras, proteínas e vegetais para garantir o funcionamento adequado do seu corpo.

Qual a importância de ter um bom instrutor?

As lesões costumam ser recorrentes para quem se exercita sem o apoio de um profissional. Afinal, quem pratica esportes sem instrução acaba se movimentando de forma inapropriada. Além disso, existem casos de pessoas que se arriscam em atividades que são incompatíveis com as suas condições físicas.

Contudo, com o apoio de um instrutor físico, esses problemas são eliminados e dúvidas são esclarecidas. Além de recomendar os melhores exercícios e corrigir a postura do Atleta, esse profissional analisa a intensidade com a qual os movimentos devem ser executados. Assim, seu corpo não faz esforços desnecessários e o risco de lesão é diminuído consideravelmente.

Saber evitar lesões no esporte é uma maneira inteligente de aproveitar os benefícios de praticar exercícios com segurança. Coloque as dicas e recomendações mencionadas em prática para melhorar sua qualidade de vida e deixar seu corpo mais saudável.

Gostou do conteúdo? Então, compartilhe com seus amigos para que eles também saibam como evitar lesões no esporte.

Outros conteúdos

equipamentos de beach tennis que não podem faltar no seu clube