Quadra de Areia em projetos de condomínio ou particular: confira as dicas!

Incluir uma quadra de Areia no projeto do condomínio para o lazer dos moradores é uma excelente escolha em direção a uma vida mais saudável e sociável. Ter esse equipamento de jogo é um investimento para a diversão e o fortalecimento de laços afetivos entre os condôminos.

A ideia de dar atenção aos momentos de relaxamento, como uma forma de melhorar a produtividade no trabalho, nos estudos e em outras responsabilidades, vem sendo bastante disseminada. Ter a possibilidade de praticar esportes de Areia no condomínio vai facilitar a criação desse hábito.

Você sabe: ao exercitar o corpo, uma descarga de hormônios da felicidade é absorvida. Logo, você ganha disposição para as diversas situações impostas pela rotina. Além disso, poderá cultivar boas amizades na vizinhança.

Pensando nisso, trouxemos uma seleção de informações para você entender como construir uma quadra de Areia e inspirações de projetos para colocar essa ideia em prática. Confira, agora!

Etapas para a construção de uma quadra de Areia

A construção de uma quadra de Areia é mais simples do que você imagina. Quando o processo é bem organizado, com etapas definidas e planejadas, com suas devidas prioridades, o resultado é mais eficiente.

Sabemos do alívio que é terminar uma obra de forma tranquila, com tudo resolvido como o esperado. Por isso, observe, a seguir, as cinco etapas para levantar a quadra de beach tennis, de vôlei, de beach soccer e muitos outros esportes de Areia.

Verificar a área mínima de construção

Um dos primeiros indícios de que o espaço é perfeito para o projeto da quadra de Areia é o tamanho da área. De modo geral, o recomendado é que se reserve um retângulo de 11 m x 21 m, o que equivale a 231 m².

Mas saiba que dá para ter uma excelente quadra multiesportes de Areia com 9 metros por 18 metros, com recuos de 1,5 metro nas laterais e linhas de fundo. Dessa forma, você conseguirá desenvolver as atividades da melhor maneira possível.

Ao verificar a área mínima de construção, é viável fazer adaptações prévias no terreno para garantir a ampliação do lugar. Por isso, é importante fazer esse estudo, antes de iniciar a obra.

Em muitos casos, em um primeiro momento, ao identificar um terreno pequeno, podem ser feitos ajustes para que a possibilidade da levar os esportes de Areia para o espaço seja concretizada.

Preparar o terreno

Escavar ou elevar o terreno são as duas formas utilizadas para a sua preparação. Essa etapa é fundamental para garantir a eficiência dos recursos de uma quadra de Areia.

Há muitas possibilidades de projetos. No entanto, para cada formato, é preciso organizar previamente o terreno para o depósito de Areia e a aplicação das estruturas. Elevação e construção de muretas de contenção são estratégias, na maioria dos casos, essenciais.

Geralmente, trabalha-se com uma profundidade de 27 a 30 cm que, somada ao sistema de drenagem, em torno de 40 cm, vai dar a dimensão necessária da escavação. Ou seja, aproximadamente, 70 centímetros, que serão divididos pela contenção.

Fazer a drenagem

Um sistema de drenagem previne alagamentos, garantindo a jogabilidade da quadra de Areia. O sistema de espinha de peixe é o mais utilizado, pois consegue promover um escoamento mais rápido.

O nome já explica o formato simples de execução. Nele, são colocados dutos paralelos ao longo da quadra, que se ligam por um duto central.

Usar a Areia adequada

Há muitos tipos de Areia. Isso porque esse conhecido material é, na verdade, a soma de muitos outros. A Areia é um conjunto de pequenas pedras que podem ter origens de rochas muito diferentes.

Para uma quadra de esportes, é preciso que o material seja de qualidade, tenha longa durabilidade, conforto térmico para quem joga e que garanta uma boa jogabilidade.

Usar a iluminação correta

A boa iluminação, além de valorizar o ambiente, facilita a jogabilidade da quadra de Areia. É necessário garantir a boa visualização da bola e do terreno, principalmente, ao jogar durante a noite e o final da tarde.

Inclusive, isso previne acidentes, ao deixar possíveis obstáculos nítidos. Logo, o uso de luzes brancas favorece a visibilidade em uma boa arena de jogo.

Exemplos de quadras de Areia para se inspirar

Com ou sem mureta? Terá alambrado? Qual a cor? Haverá bancos próximos?

Existem muitas possibilidades, dependendo dos seus objetivos e da localização da área reservada para o Piso de Areia. Agora, é o momento de conhecer algumas inspirações para utilizar como referência no momento de elaborar o projeto de quadra de Areia do seu condomínio.

Dessa forma, você já pode imaginar, a partir da área disponível no terreno, qual o melhor formato.

Com alambrado

O alambrado é aquela tela com fios de metal, em formato de losango. Cercar a quadra com esse material impede que a bola usada nos mais diversos esportes escape para longe e, até mesmo, cause algum acidente. Além disso, o alambrado tem a função de proteger contra a entrada de animais.

Sem alambrado

 

Você pode optar por um projeto de quadra sem alambrado, principalmente se o local for priva e a presença indesejada de animais possa ser controlada facilmente.

Com mureta

 

As muretas formam como se fosse uma caixa de contenção para a areia da quadra, além disso ela pode ser interessante para isolar do contato com a grama ou terreno ao redor.

Sem mureta

 

Há projetos que não utilizam essa mureta para cercar a quadra, são projetos em que a estética predonomina. Uma boa opção para quadras de areia em condomínios ou locais privativos.

Pensar em ter um projeto de quadra de Areia no condomínio pode ser um desejo que, até o início deste texto, estava adormecido, ou que você não sabia que tinha. Com um bom preparo do terreno e a drenagem correta, os moradores poderão experimentar mais qualidade de vida e socialização.

 

Gostou do conteúdo? Continue bem informado e descubra, agora, qual é o tipo ideal de Areia para quadra!

Outros conteúdos