Como ter uma refeição balanceada na correria do dia a dia?

Criar e manter o hábito de uma refeição balanceada no dia a dia é fundamental para alcançar mais qualidade de vida. Porém, a rotina corrida, aliada à falta de disciplina, pode colocar tudo a perder.

Afinal, não há como negar que é bem mais prático consumir alimentos como fast-food e comidas processadas, deixando de lado opções diversificadas e naturais. O problema é que isso é prejudicial para quem deseja ter uma vida com mais saúde e disposição, inclusive para a prática de esportes

Neste post, entenda a importância de manter uma alimentação saudável e balanceada, e confira as nossas dicas para começar mesmo com a rotina pesada.

Como ter mais qualidade de vida?

A alimentação balanceada é um dos principais fatores para quem deseja ter uma qualidade de vida maior. Para que isso seja possível, é preciso manter o hábito de fazer as refeições com alimentos variados. Isso vai garantir que o seu organismo receba os nutrientes necessários para se manter forte e saudável.

Para que as refeições sejam mais equilibradas, é crucial ingerir porções adequadas e variadas dos grupos essenciais de nutrientes (proteínas, fibras, vitaminas etc.). Além disso, o ideal é evitar comer alimentos industrializados em excesso, dando preferência aos que são mais naturais.

Outro ponto importante para a qualidade de vida é a prática regular de atividades físicas. Aliado à alimentação balanceada, elas ajudam a melhorar a disposição e a sensação de bem-estar, o que gera mais energia para o dia a dia.

A boa notícia é que não é preciso treinar como um Atleta profissional para alcançar todos esses benefícios. De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), a prática de, pelo menos, 150 minutos de atividade física moderada por semana pode reduzir o risco do surgimento de várias doenças, como diabetes, hipertensão, depressão e até alguns tipos de câncer.

Como manter uma refeição balanceada?

A correria do dia a dia não deve ser um empecilho para cuidar da sua saúde. A seguir, veja nossas dicas para adotar o hábito de consumir refeições mais saudáveis e balanceadas.

Reduza o consumo de açúcares e gorduras

Frituras, doces, pizza, sorvete, refrigerantes e embutidos são alimentos práticos e costumam ser bem saborosos. Apesar disso, são exemplos de produtos ricos em gordura ou açúcar.

Não significa que você precisa dizer adeus a essas comidas gostosas e prazerosas para ter uma refeição balanceada. Mas é importante prestar atenção para diminuir o consumo.

O consumo excessivo de produtos que contêm açúcar aumenta o índice de glicose no sangue e o risco de algumas doenças, como diabetes. Já os alimentos gordurosos afetam as artérias e podem causar problemas cardiovasculares e obesidade.

Em vez de recorrer a eles quando a fome bater, prefira substituir por frutas e produtos integrais. Ao adoçar sucos e café, substitua o açúcar refinado por outros naturais e com baixo índice glicêmico, como sucralose e stevia. Já algumas fontes de gorduras do bem, que ajudam a reduzir o colesterol ruim, são o azeite, abacate e castanhas em geral.

Beba bastante água

A rotina agitada às vezes pode fazer com que você esqueça de beber água no decorrer do dia. Esse líquido precioso é indispensável para realizar vários processos no nosso organismo. Além de hidratar, ajuda a regular o intestino e a temperatura do corpo, elimina toxinas por meio da urina e do suor, entre outros benefícios.

Por esse motivo, o recomendado é beber cerca de dois litros de água por dia para manter o bom funcionamento do corpo. Sucos naturais também são indicados, pois além de hidratar, nos fornecem nutrientes importantes.

Controle as porções

Uma dieta alimentar balanceada também deve considerar o equilíbrio nas porções para que seja possível alcançar seus benefícios. O consumo sem exageros em horários regulares é o ideal para favorecer o metabolismo.

Uma dica é consumir pequenas porções em um espaço de tempo mais curto. Comer a cada três horas ajuda a não ficar com muita fome entre uma refeição e outra. Como resultado, isso vai evitar a ingestão de quantidades exageradas de comida.

Além disso, procure mastigar sem pressa e preste atenção ao que consome — é importante apreciar todos os sabores. Isso vai dar tempo para que o seu organismo processe melhor os alimentos e avise ao cérebro que está saciado a tempo. Assim, você vai se acostumar a comer a quantidade que o seu corpo realmente precisa, sem exagerar.

Coma alimentos variados

Cada nutriente tem uma função específica no funcionamento do nosso organismo. Assim, uma refeição balanceada precisa conter uma boa variedade de alimentos e incluir os principais grupos alimentares. São eles:

  • carboidratos: importante fonte de energia para o nosso corpo, mas que devem ser consumidos moderadamente (pães, massas, cereais, tubérculos e raízes);
  • proteínas: são fundamentais para cuidar da defesa do organismo (carnes, peixes, soja, feijão e ovo);
  • fibras: promovem a saciedade, ajudam na digestão e também na saúde intestinal (cereais, frutas, folhas e leguminosas);
  • lipídios ou gorduras: responsáveis pelas reservas de energia e formação de hormônios (azeite de oliva, coco e oleaginosas). Eles devem ser ingeridos em quantidade moderada;
  • vitaminas e minerais: estimulam processos metabólicos e ajudam a manter as funções vitais (frutas e vegetais).

Faça as refeições em casa

Mesmo em uma rotina mais dinâmica, é fundamental reservar um tempo para uma dieta alimentar balanceada. Comer em casa ajuda a evitar impulsos e excessos de produtos ultraprocessados, ricos em substâncias prejudiciais e pobres em nutrientes.

Para montar uma refeição com base nos principais grupos alimentares, é necessário se organizar com antecedência. Dessa forma, você pode providenciar os ingredientes com calma e elaborar um prato mais saudável.

Além da refeição balanceada fazer parte da sua rotina, incluir a prática de atividades físicas também é importante para a saúde do corpo e da mente. Os Esportes de Areia, por exemplo, são uma excelente opção para combater o colesterol alto, diabetes e problemas do coração. Além disso, melhoram o condicionamento físico, previnem e ajudam a combater a ansiedade e depressão.

Gostou do artigo? Então, assine a nossa newsletter e receba conteúdos relevantes para saúde e bem-estar direto no seu e-mail!

Outros conteúdos

equipamentos de beach tennis que não podem faltar no seu clube