5 tipos de quadra de tênis e em qual investir para o empreendimento

O tênis está se tornando um dos esportes mais populares do mundo e vem ganhando adeptos em todo o Brasil. Esse tipo de esporte exige a construção de uma quadra específica, que tem papel crucial na aplicação das regras do jogo.

Quem visualiza essas quadras de cima percebe a existência de duas linhas paralelas desenhadas horizontalmente. Essas demarcações estão visíveis ao longo de toda a quadra de tênis e são chamadas de linhas de base, enquanto as outras que correm verticalmente conforme comprimento da área são conhecidas como laterais.

Conhecer todos os detalhes desse tipo de empreendimento é essencial para quem deseja empreender no setor e ser bem-sucedido. Gostaria de conhecer os principais tipos de quadra de tênis e as suas características? Acompanhe a leitura!

Quais são os principais tipos de quadra de tênis?

As medidas de todas as quadras de tênis são idênticas, porém, existe uma enorme variedade de superfícies criada para que as partidas sejam disputadas pelos jogadores.

Essas modalidades podem ser segregadas em 5 modelos principais que estão presentes no nosso país. Veja, a seguir, como é possível construir uma quadra e os materiais necessários!

1. Saibro

As quadras de saibro, geralmente, são feitas de tijolo ou de pedra de xisto triturada e outros agregados minerais. Você vai encontrar dois tipos distintos fabricados com esse material. As menos comuns são de saibro verde, constituídas de uma superfície resistente e cobertas com barro esverdeado. Elas são mais duras do que as de saibro vermelho.

Já as quadras de saibro vermelho são mais populares e podem ser construídas, principalmente, de tijolo triturado compactado e mais uma camada superior de materiais soltos. Elas têm uma cor avermelhada e são especiais para os jogadores que gostam de ver as bolas quicarem alto para dificultar o acerto dos oponentes.

Com as quadras de saibro vermelho, as partidas ficam mais longas e podem levar os jogadores a chegarem no seu limite de resistência, conforme a sua capacidade, desempenho e habilidade para enganar o seu rival. Elas são perfeitas para Atletas que conseguem dar saltos altos, têm um bom giro superior do corpo e usam o posicionamento para atacar.

2. Asfalto

As quadras de asfalto são duras e podem ser compostas por camadas acrílicas ou sintéticas, juntamente com uma fundação de concreto. Nelas, as bolas de tênis quicam alto para atender aos objetivos de jogadores versáteis e que têm excelente equilíbrio. A sua última camada é formada por uma mistura de materiais agregados e betume asfáltico.

Essas quadras de tênis são mais susceptíveis a produzir danos ambientais e podem sofrer rachaduras devido à exposição à luz solar direta e ao calor no decorrer do tempo. Portanto, elas exigem manutenção e reparos contínuos para que sejam mantidas em condições de uso. Os custos para a sua construção são menores, mas a longo prazo geram gastos maiores.

3. Grama 

As quadras de tênis de grama são as mais tradicionais, já que esse esporte ganhou popularidade pelos jogos feitos em gramados e jardins de pessoas com alto poder aquisitivo. Há torneios em algumas partes do mundo que ainda são disputados nesse tipo de espaço, onde os jogadores precisam estar preparados para fazer jogadas imprevisíveis.

Em uma quadra de grama, as bolas derrapam e podem gerar saltos não planejados, de modo que os jogadores precisam ter uma boa velocidade. As partidas terminam mais rapidamente, exigem concentração, agilidade e técnica aprimorada. Na realidade, está entre os estilos de quadras mais apropriados para a prática de futebol, handebol ou voleibol.

4. Carpete

As quadras de carpete foram bastante utilizadas para criar quadras de tênis para o circuito profissional em épocas passadas. Por exemplo, o Rolex Paris Masters, torneio masculino realizado em Paris, era disputado nesse tipo de espaço. No entanto, a modalidade deixou de ser utilizada e foi trocada pelas quadras mais duras, de grama ou de saibro.

No ano de 2019, o circuito ATP Challenger, que abarca jogadores da América, Europa, Oceania, África e Ásia, realizou 3 torneios em carpete. Essas quadras são feitas com camadas de asfalto de forma parecida com a criação das quadras duras. Depois, coloca-se um carpete especial sobre elas, que geralmente é fabricado em rolos.

5. Areia

As quadras de Areia são conhecidas pelos brasileiros como quadras de beach tennis. Normalmente, são montadas com produtos tratados, especiais ou Areia usada na construção civil. Para criar essas quadras, o empreendedor precisa observar a espessura dos grãos, que deve ser ideal para oferecer conforto aos usuários.

Essas quadras esportivas exigem cuidados que serão essenciais para higienizá-la. A manutenção é simples, se for escolhida uma Areia que seja capaz de impedir o surgimento de bactérias e de fungos. Em alguns casos e dependendo do fornecedor desse produto, pode ser preciso utilizar produtos químicos, como o cloro e os detergentes para fazer a higienização.

Uma quadra para beach tennis deve medir 21 metros de comprimento por 11 metros de largura, além de conter, no mínimo, uma camada de 20 centímetros de Areia de qualidade. O preço da Areia é calculado pelo fornecedor de acordo com o metro cúbico, mas esse valor pode variar de uma região para outra.

Por que investir em quadras para o empreendimento?

Construir uma quadra é um ótimo investimento para quem gosta de praticar esporte ou deseja montar o próprio negócio. Além de conseguir treinar, você poderá obter ótimos lucros, já que a locação desses espaços é uma tendência da atualidade. É possível alugar as quadras para quem deseja jogar e cobrar uma taxa interessante em troca.

Como investir em quadras de Areia?

Um projeto que envolva a construção de quadras de Areia precisa de planejamento e de recursos financeiros. A área onde o espaço será organizado precisa ser nivelado e estar livre de obstruções, como linhas de energias e galhos de árvores.

Aposte em materiais e Areia de boa qualidade, em quantidade suficiente para evitar que os jogadores se machuquem ao cair na superfície. Preste atenção no tamanho da quadra e nas linhas que marcarão os seus limites, que poderão ser feitas com cordas, por exemplo. Compre postes adequados para a instalação da rede.

Qual quadra de Areia escolher?

A melhor quadra para escolher é a composta por Areia Jundu, cujos pisos são projetados especialmente para jogadores e com o auxílio de Atletas profissionais. Ela é um tipo exclusivo que contém todos os elementos necessários para ótimos treinos e jogos, sendo que pode ser planejada para oferecer comodidade e excelente performance aos usuários.

Esses são os 5 tipos de quadra de tênis e você pode aproveitar as nossas dicas para investir no seu empreendimento. A SuperQuadra Jundu é a parceira certa para auxiliar a fazer bons investimentos, pois atua no setor há mais de 60 anos. A empresa tem a inovação em DNA e aposta em novas tecnologias para oferecer excelentes estruturas.

Gostou do conteúdo? Então entre em contato conosco e solicite um orçamento sem compromisso!

Outros conteúdos

equipamentos de beach tennis que não podem faltar no seu clube