Afinal, por que investir no treinamento funcional na areia?

Você não precisa ir à academia para garantir um treino intenso e de qualidade. É possível se exercitar na Areia, dispensando o tênis e fazendo tudo de uma forma mais confortável e completa, e trabalhar diversos grupos de músculos.

Nesse caso, estamos falando do chamado treinamento funcional na Areia. Neste artigo, falaremos mais sobre o conceito, explicaremos como esse treino funciona e daremos dicas de treinos e de como obter o piso adequado para a prática. Boa leitura!

O que é o treinamento funcional na Areia?

Primeiramente, vamos entender o que é o treinamento funcional em si. Trata-se de um conjunto de atividades que não exigem aparelhos ou uma ida à academia. Quando falamos desse treino na Areia, Atletas utilizam o próprio peso do corpo para gerar sobrecarga.

Esses exercícios são fundamentais para quem quer ter uma vida mais saudável e com maior disposição na rotina diária — e, de quebra, manter o corpo em ótima forma. O treinamento funcional fortalece os músculos e melhora o tempo de reação ao promover a melhora da coordenação motora, por exemplo.

Com o tempo e uma rotina bem definida, esses exercícios garantirão uma maior resistência muscular, com a possibilidade de que o Atleta evolua para novas séries e atividades mais complexas.

Outro detalhe interessante é que o treino funcional na Areia não trabalha com regiões musculares isoladas, mas no corpo inteiro de uma vez, o que torna esse treinamento muito mais dinâmico e proveitoso. Como se não bastasse, as calorias são queimadas por meio do esforço cardiovascular de alta intensidade.

Como funciona o treinamento funcional na Areia?

Os treinos realizados na Areia são ótimos para auxiliar na força, no equilíbrio e na flexibilidade do corpo. Isso porque o solo mais fofo exige esforço acentuado para realizar os exercícios, equilíbrio para que você não deslize e caia e, finalmente, muita flexibilidade para pular, por exemplo.

Nesse sentido, eles são versáteis para que várias partes do corpo sejam trabalhadas. O treino funcional busca melhorar a sua mobilidade e a sua habilidade na hora de realizar suas atividades físicas cotidianas e também aumentar o seu desempenho na hora de praticar esportes de Areia.

Outro ponto muito positivo é que não é preciso ter acessórios para um treinamento funcional eficiente na Areia. De acordo com uma matéria do site Boa Forma, com o peso do próprio corpo você consegue realizar uma sequência que queima cerca de 600 calorias em 40 minutos.

Para melhorar a sua mobilidade, faça os exercícios descalço. Para você entender melhor como funciona realmente o treino funcional, podemos citar alguns exercícios. Uma sequência interessante e bem prática para fazer na Areia, tanto para homens quanto para mulheres, seria a seguinte:

  • agachamento isométrico — com o corpo parado durante as séries;
  • 5 metros de corrida, frente e costas;
  • abdominal remador, abraçando os joelhos;
  • avanço alternado;
  • 5 metros de deslocamento lateral;
  • flexão de braço;
  • agachamento normal;
  • prancha frontal;
  • elevação de quadril com o corpo deitado.

Para obter bons resultados, o indicado é fazer 4 séries de 40 segundos de cada um dos exercícios, com cerca de 10 segundos de descanso entre cada movimento.

Quais os benefícios de praticar o treinamento funcional na Areia?

Agora, falaremos das vantagens específicas para quem opta por esse tipo de treino, que serve como um completo e até como um substituto para a academia.

Fortalecimento dos músculos inferiores

Quase toda atividade física auxilia no desenvolvimento muscular, mas algumas são capazes de trabalhar diversos grupos de músculos e regiões do corpo ao mesmo tempo, como é o caso do treinamento funcional na Areia.

Isso porque os exercícios promovem maior crescimento muscular em relação aos treinos em superfícies mais lisas, uma vez que a Areia exige maior resistência física durante o contato.

Os treinamentos funcionais são ótimos para quem deseja fortalecer os músculos da coxa, do bumbum e da panturrilha — ou todos ao mesmo tempo, com uma série bem distribuída. Eles também estimulam a definição muscular e reduzem o nível de gordura localizada.

Queima de calorias

Como a resistência que os Atletas encaram na prática do treino funcional na Areia é maior, também há um gasto de energia mais elevado quando andam ou correm naquela superfície. Desse modo, há uma queima significativa de calorias.

Fortalecimento dos sistemas cardiorrespiratório e cardiovascular

Com a prática contínua de exercícios funcionais na Areia, o corpo de cada Atleta passará a fazer menos esforço para transmitir oxigênio para as artérias. Isso melhora o condicionamento físico e a saúde de modo geral.

Pessoas que se exercitam regularmente podem apresentar pressão arterial e frequência cardíaca mais baixas em relação a indivíduos sedentários.

Melhora da coordenação motora

O treino na Areia atua positivamente em relação à coordenação motora, uma vez que a superfície ativa os músculos da parte inferior do corpo e também promove um fortalecimento dos músculos abdominais e das costas. Tudo isso melhora o equilíbrio corporal.

Menos impacto nas articulações

A própria superfície da Areia favorece a preservação das articulações de joelhos e tornozelos, principalmente quando falamos em termos de força de impacto. Afinal, a maciez do terreno ameniza o choque do peso do corpo em encontro com o solo.

Entretanto, é preciso entender que o treino funcional na Areia não torna ninguém imune às lesões. Há mais instabilidade no terreno, o que pode sobrecarregar algumas partes do corpo, como tornozelos, quadris e lombar.

Por isso, aquecimento e alongamento adequados antes e depois dos exercícios são essenciais, assim como escolher qual a melhor condição para garantir o conforto durante a prática desse tipo de atividade, em relação aos diferentes tipos de Areia.

Quais os cuidados necessários para o treinamento funcional na Areia?

Os benefícios do treinamento funcional na Areia são muitos. Contudo, ele precisa ser feito de uma forma ordenada e levando em consideração uma série de cuidados. Um deles é escolher a quadra adequada para a prática, de acordo com as necessidades do Atleta.

De qualquer modo, o piso de Areia é mais irregular que o piso das academias. Isso só é um problema quando a pessoa não está preparada e aquecida para esse tipo de atividade, o que geraria lesões como estiramentos dos ligamentos.

Contudo, para quem está bem preparado para um treino de alto nível, só tem a ganhar com o treinamento funcional na Areia. Muitas pessoas já estão promovendo, inclusive, atividades de yoga nesse piso, elevando as possibilidades de exercício nessa superfície.

O piso mais indicado é o Torneio, da SuperQuadra Jundu. Ele tem características para Atletas mais exigentes e técnicos e é voltado para as práticas intensas. Nesse sentido, ele é ideal para um Box de Treinamento Funcional na Areia e outros esportes.

Gostou do artigo e quer saber mais sobre os Pisos de Areia que a SuperQuadra Jundu oferece? Entre em contato com nossos Especialistas!

Outros conteúdos

equipamentos de beach tennis que não podem faltar no seu clube